produtividade na agricultura: 5 dicas de como melhorar

Produtividade na agricultura: 5 dicas de como melhorar

8 / dez / 2019 | Deixe seu comentário

Como melhorar a produtividade na agricultura sem necessariamente aumentar a área de plantio? De que forma enfrentar problemas como infestações, produção baixa e pragas? 

Se essas perguntas são assuntos que lhe afligem, neste artigo iremos apresentar técnicas para aumentar sua produtividade na agricultura, práticas de eficácia já comprovada e que são resultados diretos das pesquisas em tecnologia que cada vez mais vêm ganhando força no agronegócio.

A seguir, selecionamos 5 dicas valiosas que farão a diferença. Acompanhe!

Aposte em mão de obra qualificada

A falta de trabalho qualificado é, nos dias de hoje, um dos problemas a serem enfrentados no agronegócio. Medidas como treinamentos, cursos especializados, contratos fixos e salários mais atrativos são essenciais para garantir a qualidade e o engajamento do trabalhador do campo. 

Essas práticas valorizam os funcionários, despertam interesse e fazem com que eles se mantenham em sua atividade, evitando, assim, a rotatividade que sempre é um fator negativo.

Ademais, outro aspecto relevante é a necessidade de formar mão de obra que possua capacidade de adaptar-se a novas tecnologias, de acompanhar mudanças e de tornar-se receptiva às inovações introduzidas no mercado.

Utilize abelhas para potencializar a polinização 

Manter abelhas na propriedade rural é uma prática que traz comprovadamente resultados muito satisfatórios, além de ter baixo custo, ser de fácil manejo e não demandar muita mão de obra. 

Uma dica interessante, portanto, é analisar a possibilidade de adotar espécies nativas brasileiras, como a Jataí, a Jandaíra e a Uruçu, que, por não possuírem ferrão, facilitam bastante o manuseio.

As abelhas, além da produção de mel, fazem um ótimo trabalho de polinização, propiciando um aumento de produtividade, especialmente na produção de biocombustíveis.

Além disso, não devemos deixar de lembrar a importância de outras espécies no ambiente agrícola, com destaque para a minhoca, que pode ser de grande valia no trabalho em solos pouco férteis.

Faça rotação de culturas

A rotação de culturas, embora já seja amplamente utilizada, nem sempre é feita da maneira mais satisfatória, e é uma dica importante quando se fala em melhorar a produtividade na agricultura.

O primeiro passo é realizar um bom planejamento, que consiste em um projeto de longo prazo que seja flexível, de forma a atender às demandas de mercado.

Fundamentalmente, a rotação de culturas tem por objetivo reduzir a exaustão do solo, variando as necessidades de adubação a cada ciclo e evitando a devastação da fertilidade do terreno a longo prazo.

Ademais, essa estratégia traz diversos benefícios à plantação, tais como:

  • diminui a ocorrência de doenças, pragas e plantas daninhas;
  • torna a absorção de nutrientes mais eficiente;
  • permite que o solo melhore em suas características, físicas, biológicas e químicas;
  • protege o solo dos agentes climáticos;
  • possibilita a reposição da matéria orgânica do solo;
  • ajuda na melhora da produtividade na agricultura.

Adote a agricultura de precisão

 Acompanhando as tendências da alta tecnologia, a agricultura de precisão objetiva evitar desperdícios e centrar o foco no ponto exato dos problemas, trabalhando com armazenamento de dados em tempo real, por exemplo, no sistema de nuvem. O resultado se converte em maior eficiência e em redução de custos.

A agricultura de precisão, na prática, é o mapeamento da lavoura com a utilização de GPSs, sensores e drones. Dessa forma, permite o entendimento mais objetivo das intervenções que porventura tiverem de ser realizadas.   

A internet 4G veio para facilitar ainda mais esses processos, ao permitir o uso da alta tecnologia em locais muitas vezes sequer cogitados.

Pode-se resumir as vantagens da agricultura de precisão em três pontos:

  1. Identifica o necessário para cada espaço de terra;
  2. Evita gastos em excesso com fertilizantes, irrigação e defensivos;
  3. Causa menos danos ao meio ambiente.

Invista em modelos de agricultura sustentável

Aqui, a ideia é estabelecer um equilíbrio entre o respeito ao meio ambiente e a viabilidade financeira do empreendimento agrícola.

Praticar modelos sustentáveis significa adotar técnicas que diminuam o impacto causado ao meio ambiente e apresentar soluções que possam contribuir no processo.

Afinal, quais procedimentos podem ser efetuados? Vejamos alguns deles:

Fontes de energia renováveis

Sabe-se, de fato, que as fontes de energia à base de hidrocarbonetos e de carvão, como o petróleo, são bastante nocivas ao meio ambiente.

Uma solução sustentável interessante, com efeito,  é o aproveitamento da energia solar, particularmente em regiões onde há uma frequência na incidência da luz do sol. Outras fontes positivamente difundidas são o biodiesel e a biomassa, produzida a partir do bagaço da cana-de-açúcar.

Sistemas de captação de água da chuva

A água talvez seja o maior dilema quando se pensa no futuro do planeta e a agricultura, como a principal usuária dos recursos hídricos disponíveis, tem o dever de preocupar-se com seu uso de maneira adequada.

Assim, o sistema de captação de água da chuva não apresenta dificuldades de implementação e é uma possibilidade economicamente viável.

Compostagem

Compostagem é a técnica que aproveita restos de resíduos orgânicos para produzir adubo. O composto possibilita suprir a terra com diversos nutrientes minerais, como potássio, fósforo, nitrogênio, cálcio, magnésio, enxofre etc.

Você percebeu a importância de certas práticas para melhorar a produtividade na agricultura? Por óbvio que algumas delas exigem mais recursos do que outras para serem efetivadas, mas com uma estratégia de gestão bem orientada, a médio e longo prazos o planejamento vai trazer resultados concretos.

Então, gostou deste artigo? Visite nossas redes sociais e fale conosco!

Rodrigo Loncarovich é CEO da Agro Academy.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *